11 de out de 2011

Tenho pena do filho do Rafinha Bastos

Eu já li tanto sobre as polêmicas de Rafinha Bastos (e em especial sobre o caso que envolve Wanessa) que nem pensava em escrever nada sobre o assunto, ainda mais num blog que gira em torno do universo infantil e maternal. Quando vi este álbum no Uol minhas mãos coçaram para escrever, mas tinha coisa mais importante pra fazer que desencanei. Aí, quando li a notícia de que ele pediu demissão da Band, putz, não deu mais pra segurar.

Há alguns meses fui com o André e a Nina num restaurante japonês na rua Apinagés, em Perdizes, jantar com o casal de amigos Marcela e Andrei. A Nina fica sempre muito animada e sorridente quando vê bebês por perto e eis que chega uma moça com um menininho no colo. O bebê era um pouco mais novo que a Nina e comecei a conversar com a mãe dele, uma moça que me parecia tranquila.

Nina no sushi, já comendo de hashi...
Ela falou que o filho nunca tinha ido para o berçário e que estava curtindo a maternidade, e o garotinho brincou e sorriu feliz. Foi um encontro tão corriqueiro quanto com qualquer outra moça que estivesse carregando um bebê, fosse na padaria ou no supermercado. Depois, quando voltei com a Nina do banheiro, descobri que ela era mulher do Rafinha Bastos, e que o garotinho era Tom, filho do ator/apresentador/jornalista. Eles estavam sentados juntos, conversando com alguns amigos.

Quando vi as fotos que ele publicou no Twitter no dia em que foi afastado da bancada do CQC, me lembrei daquela moça e daquele bebê. Será que já não bastava para esse rapaz falar tanta asneira como nos últimos meses? Não seria o caso de, dessa vez, ficar quietinho num canto, aguardando a poeira baixar? Além de não ficar calado, ele publicou fotos patéticas como se não estivesse perdendo nada na vida por estar fora do programa da Band. Ninguém, vendo aquelas fotos constrangedoras, acreditou que ele estava realmente bem depois da bobagem que falou ao vivo. Por que, pelo menos uma vez na vida, o rapaz tão cheio de si não teve o mínimo de h-u-m-i-l-d-a-d-e para olhar para sua mulher com o filho nos braços e pensar: "porra, que merda que eu falei?". Seria tããããão mais digno se desculpar publicamente...

O curioso é que todas as outras polêmicas que o rapaz protagonizou lhe renderam apenas um puxão de orelha por parte da Band - e só em casos bem específicos, como já escreveu Lola Aronovich. Mas ao falar de Wanessa ex-Camargo, ele mexeu com peixe grande. Além de processar o apresentador, o marido da moça e seu sócio Ronaaaaaldo ameaçaram tirar anunciantes da emissora. Força para isso eles têm. Uma fala inconsequente atingindo a área comercial da Band? Isso ninguém aguenta e nenhum diretor segura. 

A polêmica tomou proporções estratosféricas com a ajuda das redes sociais - as mesmas que consagraram o humorista como a personalidade mais influente do Twitter (segundo o jornal americano New York Times). A piada finalmente perdeu a graça. Depois de fotos bestas e videozinhos sem graça sobre a situação, Rafinha pediu demissão. A saída da Band vai pesar no bolso do humorista. Na verdade, já está pesando: dizem que depois do episódio sobre o bebê de Wanessa, Rafinha perdeu alguns contratos publicitários por ter manchado sua imagem (mais ainda, né?).

Como mãe, eu não to nem aí pra bancada desfalcada do programa ou pro orçamento do humorista. Penso mesmo é no filho dele. A gente sempre quer que os filhos sintam orgulho da gente - mas no caso da língua ferina de Rafinha, #comofaz? O menino tranquilo que vi nos braços de uma mãe simpática e atenciosa nem sabe o que lhe aguarda. De filho de humorista divertido e/ou jornalista "engajado", o garoto ouvirá palavras impublicáveis dos coleguinhas na escola. Pior: pais servem de espelhos para seus filhos... Já pensaram como será a vida do pequeno Tom?

Em tempo I: li hoje um texto ótimo sobre a saga Crepúsculo Rafinha Bastos de Matheus Pichonelli, da Carta Capital, #fikdik 

Em tempo II: hoje é niver da mamãe, que faz 35 anos feliz demais por ter a Nina em sua vida!! Pena que o papai está viajando... quando ele chegar, vamos comemorar, com certeza!!! ;)  

50 comentários:

  1. O Rafinha criou recentemente um twitter pro filho dele.. Gostaria de saber se aquele é o Tom.. ( de preferência sem barba).. hahaha obg! Pelo que notei, o perfil (que era http://twitter.com/#!/FilhoDoRafinha) não está mais ativo, mas a foto que havia sido colocada era exatamente a deste outro site: http://www.trwheeler.com/hippy19.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá! não sei sobre esse twitter que você mencionou, não conheço...

      Excluir
  2. Que textinho mais sem graça e sem argumento. Estou grávida e não me senti ofendida e acho que você nem tem o direito de citar o filho e a esposa já que não sabe como é a relação deles. Você está sendo tão desnecessária quanto achou que ele foi. Fica a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre texto "sem argumento", vale dar uma clicada nos links externos, eles ajudam a entender o que EU penso sobre essa questão toda.
      Não estou citando detalhes da vida dele, pois como vc mesmo disse, não sei como é a relação. E não é de fato isso que me interessa no texto, é apenas a questão dos exemplos que pais dão pra seus filhos. O garotinho e a mãe, por sinal, são beeem fofos e simpáticos.
      Ah, pra terminar, adooooro gente que vem criticar e não se identifica... fica a dica pra vc tb: assuma o que diz e pensa, querida! Boa hora pra vc e que seu bebê venha cheio de saúde.

      Excluir
  3. http://www.youtube.com/watch?v=3ZHcHpkHdqY&feature=g-u-u&context=G28f9464FUAAAAAAAEAA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vou assistir, pois não tenho o hábito de perder meu precioso tempo com gente que não me interessa. Caso alguém tenha interesse, vai ficar aí o link, que deve estar querendo ibope, já que até agora tem poucas exibições. afff.

      Excluir
    2. Vale muito a pena ver o vídeo.
      Detalhe que para opninar ou falar qualquer coisa a respeito de algo devemos buscar conhecer a fundo..
      Fica a dica. Affff

      Excluir
    3. Vendo pelos comentários, tenho pena é de teus filhos, não os de rafinha

      Excluir
  4. Respostas
    1. obrigada pela visita de volta! adoro gente simpática por aqui!

      Excluir
  5. Sem argumentos esse texto!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá, acho que entendi o que você quis dizer sobre o exemplo do pai pro filho, mas acho que você se equivocou, por que não existe base para você falar de como o garoto irá se sentir sobre determinado assunto, até por que você não conhece a relação dele com o filho e certamente, creio eu, que a forma com que ele age quando está fazendo seu trabalho de humorista é diferente da forma que ele age com seus familiares. Eu mesma, não consigo acreditar que ele foi punido por fazer o trabalho dele, que é fazer piada, satirizar, ironizar...e fazer as pessoas rirem, tantas pessoas que roubam descaradamente, como os políticos, ficam impunes e a mídia nem se quer dá ibope. Ele deve desculpas sim, a quem foi atingido diretamente e não ao público, que não tem nada a ver com isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Publiquei este comentário porque, apesar de ser anônimo, acho pertinente. Eu não concordo com o que você diz, mas aceito seu argumento. Assim é bom "discutir", porque eu não desrespeitei ninguém no meu post, pelo contrário, apenas expus meu ponto de vista, assim como você fez com o seu.

      Excluir
  7. Vc é parente da dita cuja? Só sendo... Texto sem pé nem cabeça! Pelo amor de Deus foi só uma piada...Num aguenta vai assistir zorra total... Troca disco da mediocridade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou parente, mas sou mãe, e achei que a piada(se vc insiste em chamar assim) dele foi muito sem graça sim... se você é incapaz de compreender um argumento faça-nos um favor: vá clicar em outro blog!

      Excluir
    2. moralista
      MIMIMIMIMIMI
      vai chorar pra la.

      Excluir
    3. hahaha, vc não me conhece pra me achar moralista ou não... babaca...

      Excluir
  8. Não estou defendendo ninguém e vc como mãe talvez tenha sentido algo diferente quando soube da tal "piada", mas convenhamos que tudo isso só teve essa proporção toda pq foi dita por uma pessoa que tem muita influencia na opinião publica e a parte afetada é alguém cujo familiares tem muita grana.
    Fora isso é mais uma piada como todos nós fazemos, sou negra, pobre, filha de nordestinos, baixinha e atualmente gorda, mesmo assim faço piadas de tudo isso, mas como não sou alguém "notavel" na mídia jamais serei processada ou alguém se ofenderá com o que digo e assim é com milhões de brasileiros. Ai colocar o filho dele no assunto é meio descabido e baixar o nivel.

    Meu nome é Elaine, sou de Campinas/SP

    ResponderExcluir
  9. Verdade....os pais servem de exemplo para os filhos. Mas acho q se depender da mãe, a criança n crescera com esse "humor acido"do pai.

    ResponderExcluir
  10. Achei ridiculo o seu texto, como pode falar da familia de uma pessoa q vc nem conhece, o rafinha já disse em minhões de entrevistas :" mexam comigo a vontade, mas não se metam com a minha familia". E vc sabe se realmente esse emprego na band faria falta, pq vc é muito mal informada, além de garoto propagando de um negoço na GNT, ele na RedeTv com o SNL e na Fox, é vc leu certo na Fox um dos melhores canais q já existiram... Também acho idiotice da Vanessa Camargo, pq foi apenas uma piada, minha gente ele não vai realmente comer o bebe dela. É por pessoas como vc e a Vanessa, q me dou conta q vivemos num país onde Politicos são levados a brincadeira e Humoristas a sério. Deprimente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quantos filhos vc tem, Debora? quero ver mexerem com os seus... eu acho totalmente plausível a postura da Wanessa. Mas ó, faz assim, no lugar de ficar babando ovo no cara, aproveita melhor seu tempo pra ler e estudar, pq os erros do seu texto são dignos de dó. Isso sim é ridículo!!!

      Excluir
    2. Concordo plenamente Débora Oliveira É por pessoas como vc e a Vanessa, q me dou conta q vivemos num país onde Politicos são levados a brincadeira e Humoristas a sério. Deprimente

      Excluir
  11. Zapeando pela net, encontrei seu texto. Na verdade eu pesquisava sobre o filho do Rafinha Bastos..queria ver o rostinho do bebê dele...E sabe de uma coisa, não há em lugar nenhuma na internet uma foto sequer do menino...Sabe porque? Pq ele (Rafinha Bastos) sempre fez questão de preservar sua familia...Até entendo seu ponto de vista, como mãe sabe...Mas achei seu texto de um absurdo, acho que vc não tinha sequer o direito de escrever isso sobre pessoas que vc sequer conhece...viu uma vez na vida num restaurante...Me desculpa. Pena vc devia ter dos filhos dos Nardoni por exemplo, imagino eu que o filho do Rafinha vá sentir orgulho do pai, por ter conseguido tantas coisas com um talento. Vergonha, ele pode sentir também..mas que outros filhos em algum momento da vida não sentem vergonha do pais..não existem pais perfeitos. Agora se as criancinhas da escola disserem coisas terriveis a ele, eu acho que quem tem pessimos pais são as criancinhas, vc não concorda? Você por acaso vai ensinar sua filha a xingar os coleguinhas que sejam filhos de humoristas? Obvio que não.
    Só senti vontade de comentar, porque realmente achei que vc exagerou em tocar na familia do Rafinha...assim como ele tbm exagera nas piadas que faz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço de suas palavras as minhas.

      Excluir
    2. Perfeita colocação. Também estava pesquisando sobre o filho do Rafinha quando encontrei este blog. O texto é mal escrito e preconceituoso. Não se deve julgar ninguém por uma frase, foto ou uma ida ao estaurante. Além do que, a esposa e o filho do Rafinha estão muito bem, e tenho certeza que o garoto nunca sofrerá preconceito por uma frase dita por seu pai.
      E se formos tirar conclusões precipitadas, devemos então achar que a filha da dona do blog será igual a mãe?
      Tenho pena

      Excluir
    3. Ana, tiraste as palavras da minha boca. Concordo em gênero, número e grau.
      O filho dele provavelmente sentirá orgulho de ter um pai livre deste moralismo hipócrita.
      Eu já estive grávida, e não me senti em nenhum momento ofendida, o que aconteceu é que atingiu uma pessoa com muita grana, e aí vem a hipocrisia, se fosse uma negra,anônima e pobre não haveria tomado as proporções que tomara.
      Não curti o seu texto (dona do blog, mas...

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. não da pra entender mesmo, só pq vc se diz mãe tem raiva do cara?...

    se vc não gosta de piadas acho que vc tbm não tem o direito de rir de nenhuma. se uma pessoa não gosta de piadas de gays não tem o direito de rir de piadas de loiras e é assim com todas...
    vc falou que o filho é o espelho dos pais, então podemos dizer que a NINA vai ser uma bela mal educada que assim como a mãe não vai saber entender uma piada de uma coisa seria, assim como a mãe vai falar coisas que não conhece e dizer que esta certa e pior...

    agora já que vc falou de uma pessoa sem a conhecer apenas pelo que a midia mostra, acho q podemos falar assim de vc e sua filha né....


    vejamos, pela mãe que parece ser a filha vai ser mimada, babaca, patricinha, achando que pode falar tudo de todos e pensando sempre que vai ter ração das coisas...

    exemplo certo de ser mãe...

    ResponderExcluir
  14. Tô lendo um livro ótimo de Philipe Claudel. Querem uma dica de leitura também???? Quem sabe o disco vira...
    Selma P.s. Tambem sou mae de 2, mas prefiro ler um livro. Sempre.
    A propósito, quem é "Rafinha"? Descobriu alguma vacina, ou outra coisa importante???

    ResponderExcluir
  15. Achei muito feio o que você escreveu, sobretudo o título! Dó é um péssimo sentimento e dizer que tem dó do filho do Rafinha é ridículo, mesmo porque, o menino nada tem a ver com as ações do pai e nem ao menos entende o que está acontecendo! Quem ele é como comediante não diz quem ele é como pai! Deveria pensar mais antes de escrever isso, é só a minha opinião, não quero ofendê-la.

    ResponderExcluir
  16. nunca li tanta besteira em toda a minha vida, existe uma coisa que se chama liberdade de expressão, posso humor vai além do bom senso e da compreenão de mentes fracas como a sua, Rafinha Bastos é um gênio, não existe humor limpo, e todo mundo perde o direito de questionar isso quando rir do negro, do gay, do portugues, da loira e tudo o mais, então porque somente o Rafinha Bastos é o criticado? entendam que enquanto há tantos se incomodando com a postura dele, ele ta fazendo muito dinheiro cair na conta dele, enquando se incomodam isso gera publicidade, agora questionar o relacionamento pai e filho dele em virtude da postura profissional dele, sinceramente, foi a maior besteira que ja li na minha vida, perdi preciosos minutos da minha vida.

    ResponderExcluir
  17. Carol Baggio26 de março de 2012 11:45

    Não vou assistir, pois não tenho o hábito de perder meu precioso tempo com gente que não me interessa. Caso alguém tenha interesse, vai ficar aí o link, que deve estar querendo ibope, já que até agora tem poucas exibições. afff.


    e ese seu texto é o q?

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho dó dos filhos das mães do crack, filhos de bandidos, de estupradores, filhos de qualquer pessoa que tenha coragem de fazer mal a outra pessoa.

    O Rafinha é Ator, Humorista, Jornalista eu não sei mas ele tenta, além disso é um Empresário bem sucedido.

    Eu queri é ser filho do Rafinha haha......texto preconceituoso, espero que sua filha não cresça sendo preconceituosa......criança preconceituosa é nojenta demais....mas enfim......

    ResponderExcluir
  19. Como ele mesmo diz, a BAND só o deixou famoso, ele é empresário, dono do melhor clube de comédia do país, e fora outros projetos que ele tem na tv paga.
    Acho que falar mal da familia dele não irá ajudar em nada.

    ResponderExcluir
  20. Que patético. Você deveria ter pena de si apenas. Acompanhar a ''vida'' de alguém pela mídia, é fácil, impossível não julgar. Mas esse julgamento é pura ignorância.

    ResponderExcluir
  21. Não entendi uma coisa que você disse, em uma resposta sua quando uma pessoa postou um vídeo de uma entrevista sobre Rafinha Bastos, que não veria porque não tinha o hábito de perder tempo com coisas que não lhe interessam, então por quê postou algo sobre ele? Críticas negativas todos costumam fazer, é fácil ser bonzinho quando não é você que esta sendo julgado. Outra coisa, trabalho e vida familiar é algo diferente, você fala como se conhecesse a vida pessoal dele. Se você se baseou pela mídia que só quer ver suas notícias na boca do povo você é patética.

    ResponderExcluir
  22. Vivemos em uma sociedade em que cada um fala o que quer. Pois bem, Rafinha Bastos tem todo o direito de falar as besteiras que quiser, e ele não esta nada preocupada mesmo com o que pensam dele. Ele continua trabalhando e uma boa vida pro filho dele esta garantida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e quem curte acompanha quem não curte caia fora simples..

      Excluir
    2. Usando do mesmo direito vigente na sociedade, falo o que quiser, embasando sob o meu ponto de vista...

      Excluir
  23. Vc mesma está sendo preconceituosa e julgando por um ou dois fatos isolados. O filho dele vai ter muito orgulho com certeza. Esse povinho que anda sensível demais, piada eh piada, algumas são pesadas outras mais leves, se sai algo errado não tem que crucificar o cara e nem ele tem que se desculpar se acha que não deve. Daqui um pouco tem que fazer piada e anexar um pedido de desculpas? Fala sério. Muito do que vi o humor dele eh inteligente e legal, não que eu concorde com tudo, mas daih pra achar q o filho nao vai ter orgulho do pai é forçar a barra.. Que sem noção você. Por pais como vc que nascem filhos preconceituosos e maldosinhos, sensiveis demais e sem senso de humor e q por um erro julgam toda uma carrwi do cara como ruim. Toska.

    ResponderExcluir
  24. Que texto mais descabido, meu Deus!
    Eu até concordo que a tal da piada pode ter ofendido a Wanessa, mas sinceramente? Pra mim esse processo foi pra gerar publicidade pra ela, que é apagada na mídia.
    Como disse alguém lá em cima, a partir do momento que as pessoas levam a sério os humoristas, mas ignoram todo o resto do contexto e a situação do Brasil, a coisa fica feia. Como mãe, você deveria ensinar para a Nina coisas pertinentes para a formação dela, em vez de estimular o preconceito na menina. Criança nenhuma nasce com preconceitos, como você mesma disse, as crianças são espelhos dos pais...
    Ainda citando outra pessoa que já comentou aqui também, eu cheguei aqui porque estava procurando a foto do filho do Rafinha e existem muito poucas. Ele é uma pessoa pública, mas nem por isso expõe a família como tantos outros "famosos" por ai. As pessoas precisam separar que existe um Fulano no trabalho e outro na família.
    Então quem sabe se você se preocupar menos com a vida das pessoas que você não conhece, você possa dar uma educação melhor para a sua filha.

    ResponderExcluir
  25. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz...

    ResponderExcluir

Use este espaço para divagar, escrever, complementar... Sinta-se em casa!!! ;)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...